VOCÊ É HUMILDE? - Dom Rubens Sevilha, OCD


A virtude da humildade está em baixa, apesar de ser considerada pelo cristianismo como uma das principais, ao lado das virtudes teologais: fé, esperança e caridade. O senso comum vê a humildade como algo ruim e, portanto, a arrogância, a vaidade e o egoísmo são considerados algo “bom”. O critério do mundo atual para julgar as coisas, grosso modo, é o seguinte: tudo aquilo que me interessa é considerado bom e, tudo aquilo que não me interessa ou me contraria, é considerado como mau.


Nós, os seguidores de Jesus, denominados cristãos, deveríamos imitar mais e melhor o Mestre que nos exorta: “Aprendam de mim porque eu sou manso e humilde de coração e vocês encontrarão descanso para suas vidas” (Mt 11,29).


Vou reproduzir aqui um teste proposto por um autor desconhecido que, pelo menos, nos ajudará a refletir sobre a retrospectiva que devemos fazer da nossa vida nesse ano que passou.


Você é humilde? Responda a estes sinais que o ajudarão a descobrir.


1. Pensar que o que você faz ou diz é melhor do que os outros, por isso merece ser tratado de modo especial.


2. Querer ter sempre razão.


3. Discutir sem razão ou, quando tem a razão, insistir com teimosia e de maus modos.


4. Dar a sua opinião sem que lhe peçam ou com vaidade.


5. Desprezar o ponto de vista dos outros.


6. Não valorizar todos os seus dons e qualidades como algo recebido de Deus.


7. Desculpar-se quando é repreendido.


8. Adorar receber elogios ou alegrar-se demasiadamente quando falam bem de você.


9. Incomodar-se quando os outros são mais estimados e elogiados do que você.


10. Recusar-se a realizar ofícios inferiores.


11. Insinuar palavras de louvor a si mesmo ou que dão a entender a sua honradez, a sua inteligência ou suas capacidades, o seu prestígio profissional.


12. Sentir vergonha por carecer de certos bens.


13. Não estar disposto a admitir os seus defeitos, os seus erros ou a sua derrota.


14. Acreditar que não é necessário se arrepender dos pecados do passado e do presente.


15. Esquecer que Deus ama todos os seres humanos igualmente.


16. Insistir em ter a última palavra.


17. Estar mais preocupado com seus sentimentos do que com dos outros.


18. Negar-se a perdoar os outros.


19. Mentir para obter algum benefício.


20. Manipular e usar as pessoas em benefício próprio.


21. Ao falar, usar demasiadamente a palavra “Eu”: eu fiz, eu sei, eu quero...


Jesus, manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao vosso.

0 visualização0 comentário